domingo, 10 de maio de 2015

Prejudicado pela arbitragem, Ji-Paraná só empata com o VEC

Em partida realizada na noite desta quinta-feira (07), pelo jogo de ida da final do Primeiro Turno do Campeonato Rondoniense 2015, o Ji-Paraná Futebol Clube ficou no empate em 1 x 1 diante do VEC, deixando em aberto a decisão para a partida de volta que acontecerá no próximo domingo (10), no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena. Cobrando pênalti, Cabixi abriu o placar ainda na etapa inicial, mas logo no primeiro minuto da etapa final, o zagueiro artilheiro André Morosini deixou tudo igual no placar.

Pela segunda vez consecutiva a arbitragem favorece o VEC, que em ambas as ocasiões jogando no Biancão segura o empate em 1 x 1 diante do Ji-Paraná F.C. A exemplo do que aconteceu na partida do dia 20 de abril, ainda pelo terceira rodada do Campeonato Rondoniense, quando o árbitro Jonathan Antero não deu um gol legitimo do Jipa frente o VEC, na partida desta quinta-feira (07), Fledes Rodrigues Santos ajudou a colocar o time vilhenense em vantagem ao marcar pênalti num lance inexistente, que Cabixi converteu em gol.

Mesmo jogando diante de um adversário forte e bastante entrosado, o Ji-Paraná FC foi a campo nesta quinta á noite determinando a fazer um bom resultado. A torcida jiparanaense mais uma vez atendeu o chamado e compareceu em grande número ao estádio Biancão para empurrar o time. O Jipa começou tomando as iniciativas, pressionando bastante, mas sem levar muito perigo contra a meta do goleiro Wagner.
Respeitando o adversário, mas também querendo mostrar sua potencialidade, o VEC marcava forte e quando de posse da bola, tentava envolver o Ji-Paraná com toque de bola e jogadas de velocidade de seus homens de frente. Atenta, a zaga do Jipa tentava bloquear as chances de finalizações do time vilhenense.


O primeiro gol aconteceu aos 37 minutos de jogo, quando o time doJi-Paraná tentava sair para o ataque e é duplamente atrapalhado pelo árbitro Fledes Rodrigues Santos, que além de interromper a jogada, ainda assinala pênalti, num lance onde a bola é cruzada na área, mas sem chance de aproveitamento. Jogadores se enroscam na área e o juiz marca falta,no ataque. Pênalti escandaloso, que Cabixi bate com categoria e faz VEC 1 x 0.

Apesar do gol sofrido, o Ji-Paraná FC não desanima e passa a pressionar com mais intensidade. Numa jogada de tiro de canto, aos 43 minutos, o volante Carlinhos salva o VEC de levar o empate,tirando a bola em cima da linha. Cabixi ainda tem a chance de ampliar para o VEC, mas erra a cabeçada.
Acreditando no seu potencial, a equipe do Ji-Paraná volta para o segundo tempo com mais pressão e logo no primeiro minutos, André Morosini escora cruzamento de tiro de canto e marca o gol de empate, o seu quanto gol no campeonato. O zagueiro já é o artilheiro isolado do Ji-Paraná no Estadual 2015.Contudo, Morosini levou o terceiro cartão amarelo e está fora do jogo de volta,em Vilhena.

Com o empate, o jogo fica mais truncado, com os dois times procurando marcar melhor para evitar uma surpresa. As duas equipes ainda chegam a criar boas oportunidades, com o Jipa sendo mais ousado no ataque,mas a partida termina empatada no 1 x 1,resultado que leva a decisão para o próximo domingo, às 16 horas, em Vilhena, onde quem vencer será o Campeão do Primeiro Turno e de quebra garante vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D 2015,além de levar uma bolada extra no valor de R$ 25 mil em dinheiro.

Ficha Técnica
Ji-Paraná 1 x 1 VEC
Local: estádio Biancão (em Ji-Paraná-RO);
Público: 983 pagantes
Renda: R$ 16.660,00
Árbitro: Fledes Rodrigues Santos;
Auxiliares: Davi da Silva e Adailton Francisco; 4º árbitro: Caio Cazuza;
Gols: Cabixi aos 37’ do 1º; André Morosini a 1’ do 2º;
Cartões amarelos: André Morosini e Dalvan (Ji-Paraná); Carlinhos, Edilsinho e Rai (VEC);
Ji-Paraná
Daniel; Dalvan, André Morosini, Alexandre e Mandagua; Davi, Abmael, Anderson e Robson Baiano (Rodolfo); Bruninho e Leandro Rodrigues (Raul). Técnico: Irani de Almeida.
VEC
Wagner; Henrique, Vinícius e Jonatas (Alex Barcelos); Carlinhos, Rai, Diego Siqueira e Edilsinho (Salatiel); Souza (Cucaú) e Cabixi. Técnico: Márcio Bittencourt.
Por Chico Limeira

NoLanceNet

terça-feira, 5 de maio de 2015

Ji-Paraná fica apenas no empate com o Genus e disputa a final fora de casa

O Genus empatou com o Ji-Paraná em 1 a 1 na partida realizada neste domingo, 3, no estádio Aluízio Ferreira em Porto Velho. Com o resultado, o time ficou na quinta posição do Campeonato Rondoniense, com três pontos ganhos. Já o Jipa, que já estava classificado para a final do primeiro turno, ficou na segunda posição, com os mesmos oito pontos do Vilhena, seu adversário na decisão, mas atrás pelo critério de desempate.   
O jogo
O jogo começou com muita disputa no meio campo. As equipes forçavam as jogadas com ligações diretas que a zaga dos dois times afastava. Precisando da vitória, o Genus começou a atacar criando oportunidades pelo lado esquerdo com Pemaza. Ao 36 minutos, o zagueiro João Pedro cabeceou para fora em um cruzamento vindo da direita. Em resposta, o Ji-Paraná teve a chance de abrir o placar em uma cobrança de falta perto da grande área, mas Abmaeal chutou na barreira. O Aurigrená ainda criou algumas oportunidades, mas faltava a finalização. Sem as equipes marcarem, o primeiro tempo ficou só no 0 a 0.    

Com o resultado, o Ji-Paraná caiu para a segunda colocação (Foto: Renato Pereira)

Segundo tempo
 O segundo tempo teve início com o Ji-Paraná tomando mais a iniciativa. A equipe encontrou o ritmo de jogo e conseguiu criar algumas oportunidades, até que aos 15 minutos, André Morosini abriu a contagem com um gol de cabeça aproveitando o cruzamento na cobrança de falta. Em contrapartida, o Genus teve que atacar em busca da vitória e aos 30 minutos, Pemaza empatou chutando cruzado no gol de Daniel, goleiro do Galo da BR. Empolgado com o primeiro gol, o Aurigrená se mandou de vez para o ataque criando várias chances, mas sem sucesso na conclusão das jogadas. Placar final 1 a 1.    

Genus 0 x 0 Ji-Paraná
Genus: Dida, Índio, Jobert, João Pedro, Pinóquio, Erivelton, Jean, Dimas, Pato, Michel e Pemaza.
Ji-Paraná: Daniel, Alexandre, Fernando, Mandagua, Abmael, Witalo, Robson Lino, Bruninho, Rodolfo, Rafael, Vaz, Teodoro, Felipe, Sávio e Rubinho.
Técnico: Claudemir Pontim
Técnico: Irani de Almeida
Gols: Pemaza (Genus)
André Morosini (Ji-Paraná)  
Cartões:  Pinóquio e Maicon (Genus)
Local: estádio Aluízio Ferreira
Público: 259 pessoas
Renda: R$ 4.290

Globo Esporte RO

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Em jogo disputado Ji-Paraná e Vilhena empatam no Estádio Biancão

Na primeira partida do Ji-Paraná no Biancão, neste domingo, 26, a torcida compareceu, o tempo começou fechado e ameaçando chuva, mas ela não veio. Mesmo assim, na briga pelo topo da tabela, Ji-Paraná e Vilhena duelaram como se estivessem já na final do Rondoniense. Com defesas fechadas, os dois times trabalharam a bola, aproveitaram contra-ataques, obrigando os goleiros a fazerem belas defesas. Mas, duas oportunidades surgiram. Primeiro para Rai do Vilhena, depois para André Morosini, do Galo, que marcaram e deixaram a partida empatada: 1 a 1. Com o resultado, o Ji-Paraná continua líder com 7 pontos e dorme mais tranquilo. 
O jogo
O jogo começou com posse de bola para o Vilhena. Aos quatro minutos o jogador Rai abriu para o Lobo do Cerrado. O primeiro tempo seguiu com tentativas a gol de ambos os lados, todas frustradas e paradas na defesa de Daniel, do Ji-Paraná, e Wagner, do VEC. Diego Siqueira e Salatiel do Vilhena estavam vem no jogo, e se destacaram pela velocidade. Já no fim do primeiro tempo, o Ji-Paraná encontrou espaço no ataque, em troca de passes Leandro Rodrigues mandou para Dalvan que pegou forte, mas a bola subiu demais. A primeira etapa termina em com VEC vencendo por 1 a 0.
No segundo tempo o Ji-Paraná recobrou as forças e organizou a defesa. Começou o primeiro tempo com pressão total e passou a dar mais trabalho para o Vilhena. Mas, nos contra-ataques, Diego Siqueira aproveitou uma brecha e tocou para Cabixi que franquinho chutou para as mãos do goleiro do Galo. Com a ameaça, o artilharia do Vilhena se tornou mais ativa, dificultando as finalizações do Galo da BR. Mas, em uma cobrança de escanteio aos 10 minutos, zagueiro do Ji-Paraná, André Morosini, pegou viu que o goleiro Wagner tentou defender a em dois tempos, e aproveitou para empatar a partida. O empate em 1 a 1 seguiu até o apito final.






Ji-Paraná 1 x 1 Vilhena 
Ji-Paraná (Daniel, Dalvan, André, Alexandre, Anderson, Mandágua, Abimael, Robson Baiano, Leandro Rodrigues, Bruninho e Davi)
Vilhena (Wagner, Henrique, Junior, Vinícius, Carlinhos, Jonatas, Diego Siqueira, Rai, Cabixi, Edilsinho, Salatiel)
Técnico:  Irani de Almeida
Técnico:  Márcio Bittencourt
Gols:  Rai (Vilhena)
André Morosini (Ji-Paraná)
Cartões:  Anderson (Ji-Paraná)
Carlinhos (Vilhena)
Local:  Biancão, Ji-Paraná
Globo Esporte RO

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Biancão passa por últimos ajustes antes da partida entre Ji-Paraná e VEC

Recém liberado para receber os jogos do Ji-Paraná, a diretoria do Biancão corre contra o tempo para deixar tudo em ordem para o primeiro jogo, contra o Vilhena, no domingo (26), às 16h. Na quinta-feira (23), o gramado foi cortado e foi feita a limpeza ao redor do campo. Romão Moreno, diretor do estádio, contou os próximos passos da revitalização do local.

- Os vestiários, cabines para autoridades e imprensa estão tinindo. Limpamos tudo pra ficar o mais perfeito possível e nesta sexta-feira vem uma força-tarefa de 15 funcionários cedidos pela prefeitura para realizar uma limpeza em toda a arquibancada. No domingo, o estádio estará com outra cara – afirmou. 

Também será instalado um novo reator em uma das três torres de luz. Apesar do jogo ser durante o dia, Romão diz que a intenção é deixar a iluminação funcionando 100%.
- Teremos condição de ter jogos durante a noite. Com todas as torres em perfeito estado, a iluminação do Biancão, em termos de Rondônia, é um cinema. O gramado, que foi invadido por ervas daninhas, está em 80%. Com certeza teremos um local confortável e adequado para o jogo – comentou.

São esperadas cerca de duas mil pessoas no jogo entre Ji-Paraná e VEC. O Biancão tem capacidade para cinco mil torcedores na arquibancada. O ingresso custará R$ 20 e, até a publicação desta matéria, ainda não haviam locais de venda divulgados.
Há expectativa para um grande público no clássico (Foto: Samira Lima)


Globo Esporte RO

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Com gol nos acréscimos, Ji-Paraná derrota o Guajará e assume a liderança do Rondoniense

Leandro Rodrigues fez o gol da vitória.
(Foto: Chico Limeira)
Com gol de Leandro Rodrigues aos 48 minutos da etapa final, o Ji-Paraná venceu na tarde da terça-feira o Guajará por 1 a 0, no estádio Cassolão, em Rolim de Moura, e assumiu a liderança do Campeonato Rondoniense Gazin 2015. A partida foi válida pela terceira rodada da competição estadual.

Em situações distintas no Estadual, as duas equipes entraram em campo em busca da vitória. O Ji-Paraná iniciou a partida apostando nas jogadas de bolas paradas. Já o Guajará tentava explorar as jogadas de velocidade em contra-ataques. A primeira oportunidade da partida foi do Galo da BR. Aos 11 minutos, Robson Baiano levantou na área e Anderson cabeceou livre, mas a bola foi para fora.

Porém, aos poucos, o Guajará começou a gostar da partida e passou a chegar com mais perigo a meta do goleiro Daniel, porém não conseguia concluir com êxito à gol nas oportunidades criadas.

Aos 33 minutos, em cobrança de falta, Robson Baiano levanta na área, a zaga afasta o perigo e bola sobra para André Morosini que finaliza para fora. Aos 36’, Johny Willian dribla dois marcadores e finaliza, mas o lateral Dalvan afasta o perigo de cabeça.

Para a segunda etapa, as duas equipes retornaram a campo adotando a mesma política do primeiro tempo. Apesar da disposição, os jogadores demonstraram muitos erros de passes e pecando bastante nas finalizações a gol. Somente aos 29 minutos, o Guajará conseguiu chegar com perigo. Johny Willian faz jogada pela esquerda e cruza na área, mas o zagueiro André Morosini faz o corte e por pouco não surpreende o goleiro Daniel.

Dois minutos depois, o Galo da BR responde. Em cobrança de falta, Robson Lino escora e Leandro Rodrigues finaliza dentro da pequena área, mas o goleiro Ferreira realiza grande defesa, salvando o Glorioso.   Aos 33’, Leandro Rodrigues desce pela esquerda e bate cruzado do bico da grande área, mas o goleiro Ferreira realiza grande defesa. Na sobra, Robson Baiano tenta duas vezes e desperdiça a oportunidade de colocar o Galo da BR em vantagem.

Aos 45 minutos, Lucas Silva faz jogada individual pela direita e bate cruzado, mas o goleiro Daniel realiza grande defesa. Aos 48’, após levantamento na área, Robson Lino é desarmado dentro da área, a bola sobra para Mendagua que tira do goleiro e antes da bola sair Leandro Rodrigues se joga na área e empurra a bola para dentro do gol. No lance, o atacante se choca com a trave e tem que ser atendido.

Com o resultado, o Ji-Paraná mantém 100% de aproveitamento e lidera o Campeonato Rondoniense 2015 com seis pontos. Já o Guajará é o lanterna sem ainda ter pontuado na competição. No próximo domingo, o Ji-Paraná retorna a campo para enfrentar o VEC, no estádio Cassolão, em Rolim de Moura. Já o Guajará folga na rodada seguinte e retorna a campo somente no dia 3 de maio contra o VEC, no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.

Foto: Chico Limeira.


Ficha Técnica
Guajará 0 x 1 Ji-Paraná
Local: estádio Cassolão (em Rolim de Moura-RO);
Árbitro: Maicon Pessoa de Souza;
Auxiliares:
Adailton Francisco de Souza e Arildo Pereira de Souza; 4ª rodada: Jonas Kuhn;
Gol:
Leandro Rodrigues aos 48’ do 2º;
Cartões amarelos:
Ricardo (Guajará); Alexandre e Robson Baiano (Ji-Paraná);
Público pagante:
77 torcedores; Renda: R$ 770,00;
Guajará
Ferreira; Caio Henrique (Arnon), Salatiel, Galdino e Ricardo; Ronildes, Max, Marcinho e Johny Willian (Giba); Egilson (Lucas Silva) e Alessandro. Técnico: Cícero Gomes.
Ji-Paraná
Daniel; Dalvan, André Morosini, Alexandre e Mendagua; Anderson (Witalo), Fernando, Robson Baiano e Sávio (Robson Lino); Leandro Rodrigues e Rodolfo. Técnico: Irani de Almeida.

Futebol do Norte

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Ji-Paraná goleia o Ariquemes na estreia do Rondoniense 2015

O Ji-Paraná derrotou o Ariquemes por 3 a 0 neste domingo, 5, pela partida de estreia do Campeonato Rondoniense 2015. A equipe jogou em Rolim de Moura no estádio Cassolão, com o mando de campo, e saiu com os primeiros três pontos no estadual, com direito a gol relâmpago e boa apresentação dos jogadores.  

Jogo
 
Debaixo de muita chuva e com menos de 50 segundos de jogo, o jogador Robson Baiano puxou o ataque do Ji-Paraná, levando a bola até a área adversária onde chutou para o gol e no rebote do goleiro, Rodolfo empurrou para o fundo das redes e abriu o placar em 1 a 0 para o Galo da BR. Atrás na contagem, o Ariquemes começou a atacar pelo lado direito com os jogadores Leleco e Roby, mas a zaga do Galo da BR afastava. As poças d'água no gramado causadas pela chuva atrapalhavam a qualidade técnica da partida, que ficou truncada e cheia de faltas com cartões amarelos, permanecendo 1 a 0 para o Ji-Paraná. 

Galo goleou na estreia do Rondoniense  (Foto: Magda Oliveira)

Segundo tempo
 
O Ji-Paraná voltou forte e atacando logo no início da etapa complementar, assim como fez no começo do primeiro tempo, mas a zaga do Ariquemes tirava o perigo. Com o campo menos encharcado, as equipes começaram a tocar mais a bola em busca do gol, até que aos 12 minutos, Leandro Rodrigues mergulhou para aproveitar o cruzamento de Dalvan e marcou o segundo gol para o Galo da BR, de cabeça. Aos 20 minutos, André cabeceou com estilo no canto esquerdo do goleiro Douglas do Ariquemes e a bola entrou depois de bater na trave, deixando o placar final de 3 a 0 para o Jipa.     
A próxima partida do Ji-Paraná é contra o Guajará, no domingo, 19, às 16h, no estádio João Saldanha. Antes, no domingo, 12, às 17h30, o Ariquemes também pega o Guajará no Valerião. 


Ji-Paraná 3 x 0 Ariquemes
Ji-Paraná (Daniel, Dalvan, André, Felipe, Anderson, Mendonça, Davi, Robson Baiano, Leandro Rodrigues, Witalo, Rodolfo)
Ariquemes (Douglas, Leleco, Maranhão, Tel, Mário, Reginaldo, Alexandre, Rafael, Rob, Alex Bahia, Careca)
Técnico: Irani de Almeida
Técnico: Éder Palmonari
Gols: Rodolfo, Leandro Rodrigues e André (Ji-Paraná)
Cartões: Davi (2), Witalo, Robson Baiano, Daniel e Sávio (Ji-Paraná)
Roby e Leleco (Ariquemes) 
Local:  Estádio Cassolão, Rolim de Moura

Globo Esporte RO

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Ji-Paraná treina e técnico diz que veio para ser campeão do Rondoniense

A semana é de estreia, mas pode ser considerada de decisão para o Ji-Paraná. O elenco, parece que enfim, está completo. E sob o comando do técnico Irani de Almeida, o grupo esteve no estádio José de Abreu Bianco onde fez um dos últimos treinos antes da partida inicial contra o Ariquemes, pelo Campeonato Rondoniense.

Com um time misto, Irani diz que a maior dificuldade foi entrosar os jogadores num curto espaço de tempo, mas ele está confiante em bons resultados.
Ji-Paraná treina pensando na estreia do Rondoniense
(Foto: Samira Lima)
- Alguns jogadores estavam disputando os campeonatos Paulista e Paranaense, o que já indica que estão em boa forma física. Chegaram as peças que faltavam pro nosso quebra-cabeça, temos um grupo forte e bem qualificado – contou sobe a formação final do grupo.
Sobre a estreia, o técnico já quer começar com vitória. E garante que não vai ficar esperando o ataque do Ariquemes, vai entrar para ganhar.

- Eu vim pra Rondônia para ser campeão. Ninguém sai de casa pra perder. Estamos trabalhando bastante, não medimos esforços. Temos uma semana bem programada para atendermos todos os aspectos que fazem um bom time – disse Almeida.
Ji-Paraná recebe o Ariquemes no Cassolão, em Rolim de Moura, no próximo domingo (5), pela abertura do Campeonato Rondoniense 2015. 
 
Globo Esporte RO

quinta-feira, 19 de março de 2015

Irani de Almeida é o novo técnico do Ji-Paraná

Foto: Alexandre Jabá
O técnico Irani de Almeida (foto) é o novo técnico do Ji-Paraná para a disputa do Campeonato Rondoniense Gazin 2015. A confirmação foi feita pelo próprio treinador na tarde desta terça-feira.

De acordo com o treinador, a diretoria passou para a imprensa nesta quarta-feira “Estou indo na sexta-feira e no sábado já estarei por lá. Segunda-feira apresentaremos o elenco e iniciaremos o trabalho”, confirmou Irani.
 
Irani confirmou que dos 14 jogadores que irão reforçar o elenco do Galo da BR, oito desembarcam no próximo final de semana. “No domingo chegam oito jogadores, o preparador físico Renan Martins (ex-São Bernardo-SP) e o preparador de goleiros Carlos Barbosa, que trabalhou comigo no interior do Paraná. Já o restante vai chegar a partir da semana que vem. Alguns deles estão em competição”, frisou o treinador.

Irani pretende contar com todo elenco até o dia 26 de março. “Além dos jogadores que chegam, acertamos com o Robson Lino (ex-Rolim de Moura), Leandro Rodrigues (ex-Ji-Paraná e Ulbra), Rincón (ex-Ji-Paraná e Rolim de Moura), o Robson Baiano (ex-Espigão e Ji-Paraná) e Dalvan (ex-Ji-Paraná)”, destacou.

Após sua chegada em Ji-Paraná, o treinador confirmou que ainda irá avaliar alguns atletas que podem reforçar o elenco. “Vou analisar mais alguns jogadores que eles (diretoria) vão colocar à disposição”, finalizou.

Irani de Almeida já realizou três trabalhos na região Norte. Em 2004, o treinador comandou as categorias de base da Aseel (RO). Em 2005, foi técnico do Shallon (RO). E em 2013 dirigiu o Ariquemes (RO).

Ao longo da carreira, o treinador já comandou o Arapoti-PR, Ariquemes-RO, Jaguariaiva-PR, José Bonifácio-SP, Pato Branco-PR, Pindorama-PR, Ponta Porã-MS, Portuguesa Londrinense-PR, Shallon-RO e Urso-MS.

O Ji-Paraná estreia no dia 5 de abril diante do Ariquemes, no estádio Cassolão, em Rolim de Moura.

Confira a relação de atletas confirmados pelo treinador:

Goleiros: Aranha (ex-Vênus-PA) e Manga (ex-Pimentense);
Laterais: Dalvan e Ramer (ex-Comercial-MS);
Zagueiros: Anderson (ex-Vênus-PA e ex-Seleção Sub-20), André Morosini (ex-Rolim de Moura) e Alexandre (ex-Itaberaí-GO);
Volantes: Rincón, Fernando (Francisco Beltrão), Davi (Tupã-SP);
Meias: Sávio (ex-Itararé-SP), Robson Baiano (ex-Goianésia-GO), Rodolfo (Assisense-SP);
Atacantes: Felipe, Leandro Rodrigues, Robson Lino (ex-Rolim de Moura).

 Futebol do Norte
 

Confirmado no estadual, Ji-Paraná tenta liberação para jogar no Biancão

Portões do Biancão estão inadequados
(Foto: Pâmela Fernandes)
Mesmo depois de confirmada a participação do Ji-Paraná no Campeonato Rondoniense, nem tudo está resolvido. O Galo da BR ainda não tem certeza se vai conseguir fazer as os jogos em sua própria casa. Estádio Biancão permanece interditado pelo Corpo de Bombeiros e Ministério Público de Rondônia. Porém, a diretoria do clube afirmou que deve tentar mais uma vez a liberação do local para o campeonato.

O estádio foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e MP-RO em dezembro. Os principais problemas que levaram à decisão do MP são os que estão diretamente ligados à segurança tanto de atletas como de torcedores que frequentam o local.

Mudança nos portões para facilitar a evacuação, continuação do alambrado para impedir acesso dos torcedores diretamente ao campo, reconstrução de 100 metros de muro, entre outros itens são exigidos pelo MP. Mas o presidente do clube, Carlos Aguilar, ainda não perdeu as esperanças de ver o galo jogar em casa.

- Estamos com toda a papelada em mãos e vamos tentar sim a liberação do estádio. Eu acho que não está muito difícil. Pelo que vimos nas razões da interdição. Não são coisas muito difíceis de serem resolvidas. Eu ainda acredito que o Ji-Paraná pode jogar em casa – afirma Aguilar.


Romão Moreno, diretor do estádio, conta que ele e a diretoria do clube estão se empenhando para que o estádio seja liberado. Moreno contou ao GloboEsporte.com que podem ser feitas ações para solucionar as questões de segurança do estádio e assim, conseguir a liberação para o campeonato.
Setores das arquibancadas estão descobertas (Foto: Pâmela Fernandes)

- Eu acredito que seja apenas uma questão de bom senso das autoridades para liberar o Biancão. As questões de segurança podem ser resolvidas rapidamente. Os muros que estão caídos, podemos colocar seguranças para impedir a entrada. Nos portões também, para caso de saída de emergência, não tenhamos problemas – acredita o diretor.
Para garantir, Romão conta que já estão tratando o gramado para que, caso a liberação seja concedida, esteja tudo pronto para receber os times.

Globo Esporte RO

sexta-feira, 13 de março de 2015

Prestação de contas - Vaquinha em prol do Ji-Paraná

Devido a baixa adesão a campanha virtual de arrecadação de dinheiro em prol ao Ji-Paraná Futebol Clube, o blog Ji-ParanáFC resolveu devolver o dinheiro dos participantes. Foram arrecadados apenas 130 reais, divididos da seguinte maneira:
Abaixo os comprovantes de depósito, em contas bancárias obtidas após contato do organizador (Bruno Porto de Lima) com os participantes.

O blog desde já agradece a participação dos envolvidos e pede desculpas pelos transtornos estabelecidos. Continuaremos nosso trabalho de divulgação e apoio ao Ji-Paraná Futebol Clube, o mais tradicional e o maior campeão do futebol rondoniense.

Att. Bruno Porto de Lima